Família de Carradine está abalada com publicação de fotos do corpo do ator

domingo, 7 de junho de 2009 18:27 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A família do ator David Carradine está "profundamente abalada" com as fotos publicadas na Tailândia que seriam do corpo nu de Carradine no quarto de hotel em Bangcoc, segundo o advogado Mark Geragos.

Geragos afirmou em um comunicado que Keith Carradine, irmão do ator, irá processar indivíduos e empresas que publicarem fotos por "invasão de privacidade" e por causar severos danos emocionais aos familiares.

O jornal em tailandês Thai Rath publicou fotos que mostram o corpo de Carradine, que morreu no dia 3 em Bangcoc onde participava das filmagens de 'Stretch'.

As circunstâncias de sua morte são consideradas misteriosas, após relatos iniciais de que ele teria cometido suicídio --o que a família negou repetidamente.

No sábado, Geragos disse que os familiares de Carradine pediram ao FBI para investigar o morte. A família contratou médico-legistas para examinarem o corpo do ator, que deverá chegar aos Estados Unidos no domingo.

Uma camareira encontrou Carradine enforcado dentro do armário de sua suíte no hotel Swissotel Nai Lert Park, em Bangcoc. À espera dos resultados dos exames toxicológicos, a mídia tailandesa sugeriu suicídio e asfixia acidental durante ato autoerótico como possíveis causas da morte.

Carradine estrelou no show de televisão dos anos 70 "Kung Fu" e recentemente no filme "Kill Bill".

(Reportagem de Bernie Woodall)

 
<p>Foto de arquivo do ator norte-americano David Carradine, na exibi&ccedil;&atilde;o de Kill Bill em Londres. 20/04/2004. REUTERS/Matt Dunham/Arquivo</p>