ESTREIA-"Intrigas de Estado": repórteres revelam trama política

quarta-feira, 10 de junho de 2009 16:50 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O incerto futuro de um jornal impresso é o pano de fundo do suspense "Intrigas de Estado", em estreia nacional, que tem em Russell Crowe ("Rede de Mentiras") e Ben Affleck ("Ele Não Está Tão a Fim de Você") os dois principais nomes de seu elenco.

As imagens finais do filme, mostrando a confecção de um jornal, registram uma certa nostalgia, que remete a histórias protagonizadas por jornalistas em busca de uma grande matéria. Não por acaso, esse longa tem um certo parentesco com "Todos Os Homens do Presidente" (76) e também com "Ausência de Malícia" (81) - ambos mostrando os bastidores do chamado Quarto Poder, a imprensa.

Os dois personagens centrais de "Intrigas de Estado" são jornalistas - um escreve para o jornal impresso, e outra, para o blog do jornal sobre política. Se no começo eles se estranham, com o passar do tempo precisam unir forças para desvendar um crime, cujos desdobramentos tornam-se cada vez maiores, podendo resultar num grande furo de reportagem - o que não é nada mau para um jornal que está agonizando.

Ele é Cal McAffrey (Russell Crowe), jornalista veterano, com uma aparência meio suja, mas corajoso. Ela é Della Frye (Rachel McAdams), jovem promissora e empolgada que não se importa de se arriscar por uma boa matéria, desde que não tenha que infringir a lei. Logo descobrirá que uma boa reportagem envolve quebrar algumas regras. O furo em questão envolve um congressista, Stephen Collins (Ben Affleck), que investiga uma corporação que mantém laços com o governo norte-americano.

Quando três pessoas são mortas, entre elas a assistente de Collins, mentiras e segredos vêm à tona. A primeira revelação é que Collins e a moça tinham um caso. O político é obrigado a confirmar esse rumor.

Seria muito simples se ele e sua mulher Anne (Robin Wright Penn) pudessem apenas deixar esse erro para trás e seguir em frente. Mas à medida em que McAffrey e Della investigam o caso, mais sujeira vem à superfície - o que garante ao filme uma meia-dúzia de reviravoltas inesperadas mas plausíveis.

Cal e Collins são amigos de longa data e isso traz um novo dado à trama. Deveria Cal colocar a amizade acima do profissionalismo? É ético usar sua amizade para conseguir informações? Como argumenta sua pragmática editora, Cameron Lynne (Helen Mirren de "A Rainha"), "jornalistas não têm amigos, têm fontes".

O jornalista em questão, no entanto, quer preservar tanto seu amigo quanto sua fonte - mas descobrirá que isso é impossível.

Baseado numa série homônima da rede britânica BBC exibida em 2003, "Intrigas de Estado", dirigido por Kevin McDonald ("O Último Rei da Escócia"), explora com sagacidade o gênero 'jornalistas destemidos', que existe desde a década de 1930 e já rendeu desde comédias românticas, como "Jejum de Amor" (1940) a suspenses recentes, como "O Zodíaco" (2007).   Continuação...