Joias desaparecem depois de sessão de fotos de Lindsay Lohan

terça-feira, 16 de junho de 2009 16:51 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Joias de diamantes no valor de 250 mil libras (410 mil dólares) depois de uma sessão de fotos com Lindsay Lohan em Londres, disseram na terça a porta-voz da atriz nos EUA e a polícia britânica.

A mídia britânica disse que as joias foram criadas pela Dior e emprestadas à revista Elle para a sessão de fotos em Londres em 6 de junho.

"A polícia de Westminster está investigando uma alegação de roubo de joias de um estúdio na Brewery Road, em Islington", disse a polícia em comunicado.

A polícia não citou o nome de Lindsay, mas o comunicado foi emitido em resposta a uma pergunta sobre a atriz de 22 anos.

"O roubo foi denunciado a uma delegacia policial do centro de Londres em 8 de junho de 2009, depois do desaparecimento, aproximadamente dois dias antes, de brincos e um colar que se acredita serem de diamantes e de valor estimado em 250 mil libras."

A polícia disse que não foram feitas prisões e que vai interrogar várias pessoas ligadas ao inquérito.

Uma porta-voz de Lindsay Lohan, que procura recuperar-se depois de problemas recentes que incluíram uma condenação por dirigir embriagada em 2007, reconheceram a existência da investigação policial.

Mas ela disse que havia cerca de 20 pessoas na sessão de fotos, que Lohan não está sendo pessoalmente investigada e ainda não foi interrogada pela polícia.

 
<p>Atriz Lindsay Lohan em Nova York. 10/09/2008. REUTERS/Lucas Jackson</p>