Veterano britânico da 1a Guerra é homem mais velho do mundo

sexta-feira, 19 de junho de 2009 09:56 BRT
 

LONDRES (Reuters Life!) - O britânico veterano da 1a Guerra Mundial Henry Allingham é o homem mais velho do mundo aos 113 anos, após a morte do antigo dono do posto, o japonês Tomoji Tanabe, informou o Guinness World Records nesta sexta-feira.

"Henry Allingham é agora oficialmente o homem mais velho do mundo", informou uma porta-voz da organização reconhecida como a maior autoridade dos recordes mundiais.

Tanabe, que comia principalmente vegetais e acreditava que a chave para sua longevidade era não beber álcool, morreu nesta sexta-feira aos 113 anos e foi o recordista entre os homens que mais viveram desde janeiro de 2007.

Allingham nasceu em Londres no dia 6 de junho de 1896, e ganhou o título de britânico mais velho em 19 de janeiro de 2007, com 110 anos e 227 dias, informou o Guinness em um comunicado.

"Nós estamos contentes em ver que um homem inglês ganhou o recorde -- a última vez que alguém da Inglaterra levou o título foi Frederick Butterfield, que morreu em 9 de março de 1974, com 110 anos", disse Craig Glenday, redator-chefe do Guinness World Records.

Allingham é um dos apenas dois veteranos britânicos sobreviventes da 1a Guerra Mundial, e o último sobrevivente entre os fundadores da Força Aérea Real, de acordo com a mídia britânica.

Seu amigo e acompanhante, Dennis Goodwin, disse: "É surpreendente. Ele é filosófico. Ele venceu sem dificuldade, como ele faz com tudo."

A vida de Allingham passou por seis monarquias, começando com a rainha Vitória. Ele tem cinco netos, 12 bisnetos, 14 tataranetos e 1 tatara-tataraneto.

O Guinness informou que a pessoa mais velha do mundo é a norte-americana Gertrude Baines, de 115 anos, que nasceu no dia 6 de abril de 1894.

(Reportagem de Mike Collett-White)

 
<p>Homem mais velho do mundo, Henry Allingham, aos 113 anos em Londres. 06/06/2009. REUTERS/Luke MacGregor</p>