Cannes proíbe nudismo após queixa de iate clube

sexta-feira, 17 de julho de 2009 12:07 BRT
 

PARIS (Reuters) - As autoridades de Cannes proibiram a presença de naturistas em uma praia pública, depois de o iate clube da cidade do sul da França ter se queixado de que os banhistas nus começaram a agir com demasiada liberdade.

A presença dos naturistas é tolerada há anos na praia Palm, situada diretamente em frente ao iate clube.

Mas o clube disse que recentemente eles começaram a se expor mais visivelmente aos sócios do clube, especialmente diante das janelas do restaurante do clube.

"Organizamos passeios a vela para crianças e temos um restaurante. O problema é que, depois de se banharem, os naturistas ficam andando nus", disse uma porta-voz do clube.

"Até agora eles eram tolerados porque agiam com discrição, mas o problema que motivou a decisão é que recentemente seu comportamento começou a se tornar mais questionável."

A prefeitura de Cannes proibiu o naturismo na praia Palm a partir da segunda-feira.

"Os nudistas frequentam a praia há anos, e isso vinha provocando comentários, especialmente do iate clube", disse uma representante da prefeitura.

A partir de agora, as pessoas que infringirem a proibição pela primeira vez serão multadas em 11 euros (15 dólares). Nos casos mais graves, podem ser sentenciadas à prisão e a pagar multa de 15 mil euros.

(Reportagem de Joseph Tandy)