Joalheiro Shaun Leane é premiado em evento que desafia a crise

sexta-feira, 17 de julho de 2009 12:21 BRT
 

Por David Brough

LONDRES (Reuters) - Centenas de joalheiros de luxo desafiaram a recessão e fizeram festa até tarde da noite de quinta-feira na sofisticada Park Lane, na edição 2009 dos Prêmios de Joalheria do Reino Unido, no qual o prêmio máximo ficou com o designer vanguardista Shaun Leane.

Conhecido pelas joias românticas e escuras que cria para desfiles de moda, Leane recebeu o cobiçado troféu de Joalheiro do Ano no evento de gala, um dos mais importante do mundo da joalheria, no salão nobre do hotel Grosvenor House.

"Ninguém pode negar que os últimos 12 meses foram difíceis", disse Sarah Carpin, editora da Retail Jewellery, a mais importante revista do setor de joalheria britânico e uma das organizadoras do evento, que reúne varejistas, designers de joias e marqueteiros.

"Mas os analistas do varejo dizem que dentro de um ano estaremos vendo sinais de crescimento real."

Conhecido por suas criações ousadas para a passarela, feitas em colaboração com o estilista Alexander McQueen, Leane derrotou a concorrência de importantes designers britânicos de jóias como Rodney Rayner, David Marshall, Alex Monroe e Tom Rucker.

Leane causou impacto no mundo da joalheria quando, recentemente, exibiu sua maior criação de diamantes até hoje, "White Light" (luz branca), um broche com um diamante de 40,68 quilates.

Joalheiros e grifes italianos compareceram em peso ao evento, que incluiu uma categoria especial dedicada ao melhor design italiano. O vencedor foi Alessio Bossi, destacando o prestígio das joias exclusivas italianas.

"Ficamos muito felizes por termos sido indicados e ver o design italiano ser apreciado", disse Mattia Cielo, cujo designer Massimiliano Bonoli foi um dos finalistas.   Continuação...