Cantor Chris Brown se diz envergonhado por agressão a Rihanna

segunda-feira, 20 de julho de 2009 21:44 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O cantor Chris Brown divulgou na segunda-feira o seu primeiro pedido completo de desculpas públicas por ter agredido a então namorada Rihanna em fevereiro. Pedindo perdão aos fãs, disse que seu descontrole foi "inaceitável, cem por cento".

Em vídeo de dois minutos divulgado no site de celebridades TMZ.com, Brown, de 20 anos, disse que gostaria de ter falado antes, mas foi aconselhado por seus advogados a não fazê-lo.

O intérprete de hits como "Run It" e "Kiss Kiss" declarou-se culpado em junho pelo incidente ocorrido na véspera da cerimônia do prêmio Grammy. Em agosto, ele deve ser condenado a cinco anos de prisão com direito a sursis.

"Eu disse a Rihanna incontáveis vezes e estou dizendo a vocês hoje que lamento realmente que não tenha sido capaz de lidar com a situação de forma diferente e melhor", afirmou ele.

Rihanna, 21 anos, ficou com o rosto ensanguentado e arranhado devido à briga, que abalou a imagem de "bom moço" que Brown tinha no mundo artístico. O fato também gerou uma grande discussão sobre a violência de gênero entre os jovens.

Brown afirmou que tem refletido muito, que sabe que decepcionou os fãs e que tentará que isso nunca mais se repita.

"Fico muito triste e muito envergonhado com o que fiz. Como muitos de vocês sabem, cresci numa casa onde havia violência doméstica, e vi pessoalmente o que a raiva descontrolada pode fazer."

"O que eu fiz foi inaceitável, cem por cento... Espero que outros aprendam com os meus erros. Pretendo viver minha vida de modo a ser realmente digno do termo 'modelo'", acrescentou.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
<p>Foto de arquivo do cantor Chris Brown em Los Angeles. 22/06/2009. REUTERS/Lori Shepler</p>