Abrigo em que Anne Frank ficou é incendiado na Holanda

quarta-feira, 22 de julho de 2009 15:52 BRT
 

AMSTERDÃ (Reuters) - Um abrigo no qual Anne Frank foi forçada a trabalhar antes de ser mandada a um campo de concentração alemão foi incendiado, informou a polícia holandesa nesta quarta-feira.

A polícia está considerando o caso, ocorrido no domingo, como um incêndio culposo, mas disse ser muito cedo para especular se houve motivação antissemita.

Anne Frank tornou-se famosa postumamente pelos diários que deixou enquanto se escondia dos nazistas com sua família judia em Amsterdã durante a 2a Guerra Mundial. Eles acabaram presos em 1944.

Anne e sua família foram forçados a trabalhar em um campo holandês, Westerbork, desmantelando pilhas num abrigo para reciclagem. Anne morreu em um campo de concentração alemão em 1945.

O diário de Anne Frank, que primeiro foi publicado em 1947 e agora traduzido em mais de 70 línguas, continua como um dos livros mais vendidos do mundo.

(Reportagem de Gilbert Kreijger)