Amy Winehouse esclarece agressão e é inocentada

sexta-feira, 24 de julho de 2009 10:26 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A cantora britânica Amy Winehouse foi declarada inocente nesta sexta-feira da acusação de agressão a uma dançarina em uma festa beneficente em Londres, no ano passado.

A decisão judicial foi tomada depois de dois dias de julgamento na Corte de Magistrados de Westminster, de acordo com a Press Association.

Winehouse, de 25 anos, foi acusada de bater no rosto da dançarina Sherene Flash. A cantora negou a acusação, dizendo que ela ficou assustada quando Flash a abraçou empurrou para longe.

O advogado de Winehouse, Patrick Gibbs, disse à Flash no tribunal nesta sexta-feira: "1,70 metro sobre saltos altos coloca você em vantagem sobre 1,57 metro em sapatilhas". Por isso, a cantora se sentiu ameaçada, segundo o advogado.

Amy Winehouse venceu cinco prêmios Grammy em 2008 e seu segundo álbum "Back to Black" foi aclamado pela crítica. Mas sua vida privada, incluindo uma batalha contra a dependência de drogas, tem ofuscado seu sucesso profissional.

Em março, a cantora não conseguiu obter um visto de trabalho dos Estados Unidos para se apresentar no festival de Coachella em abril, na Califórnia, devido às acusações de agressão. No início deste mês, ela terminou seu matrimônio de dois anos com Blake Fielder-Civil.

(Por Mike Collett-White)

 
<p>Cantora brit&acirc;nica Amy Winehouse saindo da Corte de Magistrados de Westminster, em Londres. 24/07/2009. REUTERS/Toby Melville</p>