Diamante raro cor-de-rosa pode bater recorde de venda em leilão

segunda-feira, 3 de agosto de 2009 12:06 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - Um raro diamante cor-de-rosa de cinco quilates será vendido em Hong Kong em dezembro pela Christie's, que espera que a pedra atinja um valor perto do recorde mundial, em parte graças à coragem de gastar de importantes colecionadores de joias da Ásia.

A pedra, de um anel feito pelo famoso joalheiro Graff Diamonds, deve atingir um preço entre 5 e 7 milhões de dólares, em linha com o atual recorde mundial para um diamante cor-de-rosa -- uma pedra de 19,66 quilates que foi vendida em Genebra por 7,4 milhões de dólares em 1994.

Mesmo tendo apenas um quarto do tamanho da pedra rosa de valor recorde, o novo diamante a ser vendido é considerado próximo da perfeição, e a casa de leilão elogiou a joia como uma das pedras mais coloridas que apareceram nos últimos anos.

"Há diamantes e diamantes", disse François Curiel, chefe do departamento internacional de joias da Christie's. "É extremamente raro para uma pedra de tamanha qualidade aparecer no mercado com importantes aspectos como cor, limpidez e alto quilate. Esta joia vivida cor-de-rosa de cinco quilates conflui o melhor de todos os critérios", acrescentou Curiel.

No mês passado, antes da crise financeira começar a abocanhar o mercado de leilões global, a Christie's vendeu um diamante de 101,27 quilates em Hong Kong por 6,2 milhões de dólares.

"Colecionadores da Ásia estão entre o grupo de nossos mais importantes compradores... Hong Kong está certamente ao lado de Nova York e Genebra como um centro importante para as melhores joias", disse Kate Malin, uma porta-voz da Christie's na Ásia.

(Reportagem de James Pomfret)

 
<p>Foto de divulga&ccedil;&atilde;o sem data de um diamante raro de cinco quilates e cor-de-rosa que ser&aacute; leiloado em Hong Kong pela Christie's. REUTERS/Christie's/Divulga&ccedil;&atilde;o</p>