Mercado estimula busca por novos gêneros musicais

segunda-feira, 10 de agosto de 2009 18:28 BRT
 

Por Mitchell Peters

LOS ANGELES (Billboard) - Até recentemente, o compositor Claude Kelly --parceiro de Akron, Brandy e Chrisette Michele-- não sonhava que sua editora musical o colocaria num avião para Nashville, onde participaria da criação de canções para o próximo álbum da artista country Carrie Underwood.

Mas a Warner/Chappell Music quer juntar alguns compositores de gêneros específicos com artistas de fora do seu reduto musical habitual. A ideia é diversificar o talento dos compositores e principalmente buscar o sucesso nas paradas, diz Greg Sowders, executivo da Warner/Chappell Music.

"A música pop hoje é uma mixórdia --uma canção de hip-hop ao lado de uma canção de rock, com talvez uma balada country de Taylor Swift que se meta no meio," diz Sowders. "Então para competir com a forma como as coisas estão agora --e para manter o passo com o mercado do iTunes, que é claramente um negócio orientado para canções avulsas-- tivemos de pegar nossos compositores e decidir como avançar."

Kelly, contratado pelo departamento de música urbana como um autor de R&B, enveredou pelo pop e foi coautor de dois hits: "My Life Would Suck Without You," com Kelly Clarkson, que passou duas semanas no topo da parada Hot 100 da Billboard em fevereiro, e "Circus," com Britney Spears, que em dezembro chegou ao terceiro lugar na mesma lista.

E agora, junto com Underwood, Kelly recentemente escreveu canções para Christina Aguilera, Miley Cyrus e Whitney Houston, entre outras. Ele acha que a possibilidade de compor para o pop e o country abre novas portas para sua carreira.

"Mostra às pessoas que eu não sou um pônei que só conhece um truque," diz Kelly. "A natureza deste negócio é que você só é tão bom quanto o seu último hit. Agora, como parece que eu dou liga com compositores de country e também com gente do R&B, as pessoas estão mais dispostas a jogar qualquer estilo para mim, e tomara que funcione --e esse é o sonho de um compositor."

O cantor e compositor Kevin Rudolf, também contratado pela Warner/Chappell, começou sua carreira como guitarrista de rock em várias canções produzidas por Timbaland. Sua guinada veio com a faixa de rap-rock "Let it Rock," com Lil Wayne, que chegou ao quinto lugar na lista Hot 100 em outubro. Mais recentemente, Rudolf foi o coautor e produtor de "Good Girls Go Bad," do Cobra Starhip. A canção, incluindo a atriz Leighton Meester, de "Gossip Girl," está nesta semana em décima posição na lista Hot 100.

Recentemente, Rudolf escreveu canções para Leona Lewis e os Backstreet Boys. "Sempre foco na música que seja relacionada com todos, seja hip-hop, pop ou rock," disse Rudolf. "Tem de ser algo que obviamente pode ter sucesso na rádio e tem apelo de massa."

Sowders diz que nem todos os compositores se adequam a esse trabalho com uma variedade de gêneros, mas em longo prazo isso pode resultar em maiores oportunidades de faturamento. "Em quantos mais discos você participa, maior a chance de estar na rádio," diz ele. "Quando esses compositores tiverem trabalhados nesse cruzamento de gêneros, fica mais perto chegar ao próximo."