ESTREIA-Cobaias de laboratório viram espiões em "Força G"

quinta-feira, 13 de agosto de 2009 11:35 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Não se deixe enganar: apesar dos simpáticos porquinhos-da-índia que protagonizam "Força G", que estreia em cópias dubladas em 3D e em 2D na sexta-feira, o longa leva a marca do produtor Jerry Bruckheimer, mais conhecido por suas extravagâncias de ação, como a série "Piratas do Caribe" e "Peal Harbor".

"Força G" prova a potencialidade de roedores no cinema, que inclui os protagonistas de filmes como "Fievel - Um Conto Americano", "Ratatouille", "A História de Desperaux" e coadjuvantes em "Bolt- Supercão" e "Um Faz de Contas que Acontece".

Aqui, um grupo de cobaias de laboratório forma um esquadrão de elite de espionagem do governo norte-americano. Munidos de equipamentos modernos, eles podem ser invencíveis.

O esquadrão de cobaias deve investigar a empresa de um sujeito maligno, chamado Leonard Saber, vivido pelo ator inglês Bill Nighy ("Operação Valkiria", "O Jardineiro Fiel"), que criou equipamentos capazes de destruir o planeta.

A Força G é composta por Darwin, o líder do grupo, que não mede esforços para vencer; Blaster, especialista em armas; Juarez, que sabe tudo sobre artes marciais; uma mosca chamada Mooch, que trabalha para reconhecer o campo de atuação do grupo, e uma toupeira, Speckles, que conhece informática, apesar da cegueira típica de sua espécie.

Eles trabalham para o governo até o programa ser fechado. O criador do esquadrão, Dr Ben Kendall (Zach Galifianakis, de "Na Natureza Selvagem"), resolve então liberar os animais para a vida civil. Eles trabalharão disfarçados num petshop até poderem reassumir suas identidades.

Na loja, levarão uma vida muito diferente da que estavam acostumados, dividindo espaço com animais esquisitos. Jaurez e Blaster logo são adotados por um casal de irmãos, enquanto os demais ficam a mercê de crianças que visitam o petshop com os hábitos mais estranhos. Mas não demora muito e o esquadrão se unirá novamente para salvar o mundo das maldades de Leonard Saber.

Dirigido por Hoyt Yeatman, especialista em efeitos especiais que trabalhou em filmes como "Canguru Jack", "Armagedon" e "Missão Marte", "Força G" não faz feio quando o quesito é combinar ação com efeitos visuais de terceira dimensão.

(Por Alysson Oliveira, do Cineweb)

* As opiniões expressas são responsabilidade do Cineweb