"Homem-Aranha" francês finalmente escala torre na Malásia

terça-feira, 1 de setembro de 2009 13:18 BRT
 

KUALA LUMPUR (Reuters) - O escalador francês apelidado de "Homem-Aranha" por suas escaladas sem auxílio de cordas nos mais altos edifícios do mundo, finalmente escalou nesta terça-feira uma torre que ele já havia tentado subir duas vezes na Malásia, quando foi preso.

Alain Robert, 47, aproveitou a pouca luz de antes do entardecer para evitar ser descoberto pelos guardas de segurança das torres gêmeos Petronas, e chegou à cobertura em cerca de 1h45.

"Eu tentei escalar duas vezes, e chegar ao topo era um dos meus sonhos. É mais ou menos como uma história de amor, não somente sobre oficializar a escalada do edifício mais alto... mas também sobre completar algo inacabado", disse Robert à Reuters.

Robert chegou ao topo de uma espiral no pico a Torre 2 dos edifícios gêmeos que abrigam a sede da petrolífera Petronas, e depois desceu para uma plataforma de observação antes de ser levado pelo pessoal de segurança.

Um representante da polícia disse a um fotógrafo da Reuters que Robert foi posteriormente preso e está na delegacia. Ainda não se sabe se ele será acusado de algo.

Roberto escalou cerca de 80 edifícios e monumentos pelo mundo, incluindo a torre Eiffel em Paris, o Canary Wharf de Londres, o Empire State em Nova York e a Sear's Tower em Chicago.

Em 2004 ele precisou se proteger de uma tempestade para escalar o edifício mais alto do mundo, o Taipei 101, na capital de Taiwan.

"Quando eu menino tinha medo de altura e não tinha auto-estima", afirmou Robert.

(Reportagem de Razak Ahmad)

 
<p>"Homem-Aranha" franc&ecirc;s finalmente escala torre na Mal&aacute;sia. REUTERS/Zainal Abd Halim</p>