Alemanha faz objeções à publicação de livros online pelo Google

terça-feira, 1 de setembro de 2009 17:31 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O governo alemão enviou a um tribunal de Nova York argumentos por escrito contra os planos do Google de publicar milhares de livros escaneados online, afirmou o Ministério de Justiça do país nesta quinta-feira.

O Google firmou um acordo com grupos de autores e de editoras nos Estados Unidos permitindo que copie livros para colocar na Internet, mas o acordo vem recebendo muitas críticas.

A Alemanha reclama que o Google escaneou livros de bibliotecas norte-americanas para formar sua base de dados sem consultar os donos dos direitos, e também há preocupações de que o serviço possa sair caro para as bibliotecas, uma vez que não é certo quanto o Google irá cobrar.

"Esperamos que o tribunal não aprove o acordo, ou que pelo menos remova autores e editoras alemãs... para que não sejam afetados", disse a Ministra da Justiça alemã Brigitte Zypries em comunicado do ministério.

Caso isso aconteça, os alemães poderão decidir por si próprios se querem ou não deixar suas obras disponíveis ao Google.

Autoridades alemãs participarão de uma audiência em 7 de outubro para discutir se o acordo é justo ou não, informou o ministério.

Na semana passada, a comissária de mídia da União Europeia disse que apoia o acordo.

(Reportagem de Madeline Chambers)