Pioneiro da televisão italiana, Mike Bongiorno morre aos 85 anos

terça-feira, 8 de setembro de 2009 17:35 BRT
 

MILÃO (Reuters) - Mike Bongiorno, o maior apresentador de quiz show da Itália durante mais de 50 anos e figura central no lançamento da televisão comercial no país pelas mãos do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, morreu nesta terça-feira aos 85 anos.

A popularidade de Bongiorno ajudou o milionário a solapar o monopólio da televisão estatal e impulsionou a fundação do grupo Mediaset, hoje a principal potência da televisão italiana.

Presente nas telas do país desde sua primeira transmissão nos anos 1950, ele morreu de ataque cardíaco em sua casa em Monte Carlo, segundo a Sky Italia, sua última empregadora.

"Ele foi um grande amigo e teve seu papel na história da televisão italiana", disse Berlusconi, juntando-se a uma avalanche de homenagens do mundo da política e do entretenimento.

Berlusconi classificou Bongiorno como seu "amuleto".

Bongiorno, conhecido por seu grito de "Allegria!" e por seus penteados bufantes, apresentou o primeiro programa transmitido pela recém-fundada rede estatal RAI em 1954,"Chegadas e Partidas".

Após mais de 20 anos na RAI, Bongiorno juntou forças com Berlusconi para lançar uma rede de televisão a cabo nos anos 1970.

Em um famoso ensaio de 1961, "A fenomenologia de Mike Bongiorno", o escritor Umberto Eco disse que o apelo do apresentador era sua "absoluta mediocridade", através da qual "o espectador vê o retrato de seus próprios limites glorificado e decorado por uma autoridade nacional".

(Reportagem de Ilaria Polleschi)