Fotógrafa Leibovitz fecha acordo sobre empréstimo milionário

sexta-feira, 11 de setembro de 2009 17:05 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A fotógrafa de celebridades Annie Leibovitz fechou um acordo nesta sexta-feira com a financeira que a concedeu um empréstimo de 24 milhões de dólares, abrindo caminho para que recupere o controle de suas fotografias que haviam sido colocadas como garantia.

Em comunicado conjunto com a Art Capital Group, que concedeu o empréstimo garantido pelo valor da coleção completa de Leibovitz e suas duas propriedades, a fotógrafa disse ter comprado de volta o controle de seus bens. Ela havia tomado o empréstimo para quitar dívidas.

Como parte do acerto, a Art Capital concordou em desistir de uma ação judicial por quebra contratual contra Leibovitz, iniciada em julho, e ampliar o prazo para pagamento. O empréstimo deveria ser quitado na terça-feira.

"Nestes tempos difíceis sou grata à Art Capital por tudo que eles fizeram para resolver esta questão e pela cooperação e apoio contínuo", disse Leibovitz em comunicado.

"Também quero agradecer minha família, amigos e colegas por terem estado comigo", disse a fotógrafa.

Leibovitz, de 59 anos, que fotografou personalidades de Michelle Obama à rainha britânica Elizabeth e Demi Moore nua durante a gravidez, recorreu ao grupo Art Capital em junho de 2008 e assegurou empréstimo de 24 milhões de dólares.

A fotógrafa talvez seja mais conhecida pela foto que tirou de John Lennon nu e Yoko Ono vestida no mesmo dia em que o ex-Beatle morreu.

(Reportagem de Edith Honan)