"Pai do Grammy", Pierre Cossette morre aos 85 anos

sábado, 12 de setembro de 2009 11:36 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O produtor de TV Pierre Cossette, conhecido como "Pai do Grammy", morreu no Canadá na sexta-feira aos 85 anos, disse seu porta-voz.

O canadense Cossette, responsável por levar o Grammy à televisão nacional em 1971, morreu de parada cardíaca congestiva, afirmou Richard Hoffman.

Cossette também foi útil na consolidação do Grammy Latino anual em uma carreira de 60 anos que incluiu trabalhos em "The Andy Williams Show", "The Sammy Davis Jr. Show" e "The Glen Campbell Music Show" na década de 1960.

"É com pesar que dizemos adeus ao nosso querido amigo e Pai do Grammy, Pierre Cossette", afirmou em comunicado Neil Portnow, presidente da Academia de Gravação, responsável pelo prêmio.

"Pierre era um criativo visionário e um dos mais talentosos, versáteis e respeitados produtores. Foi devido a sua paixão e dedicação que o Grammy foi para a televisão há quase 40 anos."

Cossette produziu o programa anual do Grammy --a maior honraria da indústria musical-- por 35 anos, antes de se aposentar em 2005.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
<p>"Pai do Grammy", Pierre Cossette, em foto de arquivo, morreu aos 85 anos. REUTERS/Jim Ruymen/Files</p>