Roteirista Diablo Cody exorciza demônios com "Jennifer's Body"

domingo, 13 de setembro de 2009 12:24 BRT
 

Por Jennifer Kwan

TORONTO (Reuters) - A roteirista premiada com o Oscar Diablo Cody insiste que não é nerd nem tampouco sexy líder de torcida, como são as duas personagens principais de seu filme de terror "Jennifer's Body". Mas, em sua nova vida em Hollywood, é possível que ela personifique um pouco de cada coisa.

O filme, que estreou no Festival Internacional de Toronto no final da semana passada e chega aos cinemas norte-americanos em 18 de setembro, trata do vínculo intenso entre as amigas íntimas Needy, uma personagem tímida representada por Amanda Seyfriend, e a linda e superficial Jennifer, feita por Megan Fox, a estrela de "Transformers".

Mas, por trás de todo o sangue, as piadas e o drama colegial (a história se passa num colégio), "Jennifer's Body" fala do empoderamento das mulheres e explora as relações complexas entre amigas.

" Karyn Kusama e eu somos feministas declaradas. Quisemos subverter o modelo clássico do horror, em que mulheres são aterrorizadas", disse Cody à Reuters, usando jeans skinny e sapatos de leopardo.

"Quero escrever papéis que ofereçam algo às mulheres. Quero contar histórias desde uma perspectiva feminina. Quero criar bons papéis para atrizes, em que elas não sejam simplesmente coadjuvantes dos homens."

Cody tem 31 anos e chegou ao estrelato em 2007 com "Juno", a história de uma adolescente grávida e pouco convencional que lhe valeu o Oscar de melhor roteiro. Ela e o diretor de "Juno", Jason Reitman, renovaram a parceria como produtores de "Jennifer's Body".

Cody disse que uma das razões principais para escrever "Jennifer's Body" foi levar à telona uma maneira nova de expressar a intensidade dos vínculos entre mulheres.

"As amizades que eu tinha quando era adolescente tinham uma intensidade ímpar", disse ela. "Eu quis mostrar como essa devoção pode ser quase apavorante. É algo quase parasítico."   Continuação...

 
<p>A roteirista Diablo Cody, do oscarizado "Juno", estreia novo filme "Jennifer's Body" no Festival de Toronto REUTERS/Lucas Jackson</p>