Produtores de Hollywood são condenados por suborno na Tailândia

segunda-feira, 14 de setembro de 2009 20:49 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - Um júri dos EUA condenou um casal de produtores de Hollywood por pagar mais de 1,8 milhão de dólares em suborno a um ex-funcionário do governo da Tailândia encarregado do turismo, em parte para poderem gerenciar o festival de cinema de Bangcoc, disseram autoridades norte-americanas nesta segunda-feira.

Em troca do suborno, entre 2002 e 2007, Gerald e Patricia Green obtiveram os contratos do governo tailandês para o festival e outros acordos que direcionaram mais de 13,5 milhões de dólares a suas empresas, disseram os promotores americanos.

O casal foi condenado no fim da sexta-feira por um júri de Los Angeles por acusações múltiplas de conspiração, suborno de um funcionário estrangeiro e lavagem de dinheiro, mas a sentença só foi amplamente divulgada nesta segunda-feira. Patricia ainda foi condenada por uma violação de impostos.

Ambos podem receber uma pena de dez anos cada quando forem sentenciados em 17 de dezembro, disse o promotor-assistente Bruce Searby. O advogado do casal disse que vai apelar.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)