Ex-integrantes do The Clash regravam canção para ajudar detentos

quinta-feira, 17 de setembro de 2009 11:27 BRT
 

Por Stefano Ambrogi

LONDRES, 17 de setembro (Reuters Life!) - Ex-integrantes do The Clash, Mick Jones e Nicky "Topper" Headon gravaram juntos pela primeira vez em quase 30 anos, retrabalhando uma versão de um sucesso de 1978 da banda punk, "Jail Guitar Doors".

Os dois se juntaram ao ativista e roqueiro alternativo Billy Bragg num estúdio para promover a campanha do cantor para ajudar a reabilitar presos.

A iniciativa Jail Guitar Doors de Billy Bragg, que leva o nome da canção, fornece instrumentos musicais a detentos. Desde que o programa foi lançado, dois anos atrás, vários detentos se lançaram em carreiras musicais.

"Os caras nos disseram que esta iniciativa os ajudou a ficar longe das vidas que levavam antes de ser presos," disse em comunicado Mick Jones, ex-guitarrista do The Clash.

"Foi comovente pensar que ajudamos, mesmo só um pouco."

O baterista Headon disse: "Quando eu mesmo estive na prisão, muitos anos atrás, tive a sorte de ter acesso a uma guitarra que pertencia ao pastor da prisão. Sei que isso me ajudou muito a passar por aquilo."

Bragg, que se inspirou a virar artista depois de ver o The Clash tocando ao vivo num show do Rock Contra o Racismo em Londres, em 1978, disse que a prisão não deve se resumir a manter as pessoas isoladas.

"Queremos que as pessoas possam avançar em relação a sua situação anterior e reconectar-se com o mundo externo, e minha ideia foi que tocar um instrumento, especialmente uma guitarra, poderia ajudar com isso."   Continuação...

 
<p>Mick Jones, ex-The Clash, faz parte de projeto que recupera detentos REUTERS/Mario Anzuoni (UNITED STATES) (Newscom TagID: rtrphotosthree484760) [Photo via Newscom]</p>