Para norte-americanas, boa aparência aumenta chances na carreira

terça-feira, 13 de outubro de 2009 20:43 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A maioria esmagadora de norte-americanas no mercado de trabalho acha que a boa aparência é vital para o sucesso no trabalho, e uma em cinco executivas diz que segurou uma promoção ou um aumento por causa do modo de vestir de determinado subordinado, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira.

A pesquisa descobriu que 98 por cento sentem que a aparência afeta suas carreiras, e que apenas 2 por cento discordam.

A pesquisa foi feita com profissionais do sexo feminino, gerentes seniores e donas de negócios pela revista PINK, uma publicação destinada a mulheres no mercado de trabalho, e pela Corset Personal Styling, empresa de serviços para mulheres.

Cinquenta e cinco por cento disseram que costumam achar que não têm nada para vestir, e 40 por cento dizem que costumam comprar roupas que se parecem.

Quase metade das entrevistadas disseram usar muito preto, e pouco mais da metade disseram que têm dificuldades em encontrar roupas modernas e mais apropriadas à idade.

A pesquisa, conduzida pela internet pela PINK e pela Corset de 29 de setembro a 11 de outubro, entrevistou 137 executivas, donas de empresas, gerentes e profissionais.