Nicolas Cage processa ex-gerente por "ruína financeira"

sexta-feira, 16 de outubro de 2009 17:54 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Nicolas Cage entrou nesta sexta-feira com uma ação na justiça, exigindo do antigo administrador de seus negócios 20 milhões de dólares de indenização. Cage o acusa de negligência e fraude, e diz que por causa dele "desceu a ladeira da ruína financeira".

O ator alega que seu administrador, que foi demitido recentemente, não pagou impostos devidos e colocou seu dinheiro em investimentos arriscados e especulativos no mercado imobiliário, "resultando em perdas catastróficas".

Em uma ação na Corte Superior de Los Angeles, divulgada primeiro pelo site de celebridades TMZ.com, Cage diz que se viu forçado a "vender grandes bens e investimentos, com enormes prejuízos" por causa das ações de seu consultor de negócios e contador nos últimos sete anos.

Cage, de 45 anos, é um dos atores mais prolíficos de Hollywood. Trabalhou em mais de 50 filmes e ganhou o Oscar de melhor ator pelo papel de um alcoólatra em "Despedida de Las Vegas".

(Reportagem de Jill Serjeant)

 
<p>Nicolas Cage, em foto de arquivo, processou ex-gerente por "ru&iacute;na financeira". REUTERS/Mike Cassese</p>