Aos 37, filho de Paul Simon lança seu primeiro álbum

domingo, 25 de outubro de 2009 15:44 BRST
 

Por Mark Egan

NOVA YORK (Reuters) - Após mais de 15 anos de fracassos e decepções musicais, o cantor e compositor Harper Simon admite que teve dificuldades para caminhar rumo ao estrelato, como fez seu pai, Paul Simon.

O jovem Simon sempre foi uma promessa da música. Aos 4 anos, ele cantava com o pai no programa "Vila Sésamo", e mais tarde cursou a Escola Musical Berklee, em Boston. Agora, aos 37 anos, o filho de um dos cantores e compositores mais conhecidos dos Estados Unidos finalmente lançou seu primeiro álbum.

"Obviamente eu não tive uma carreira ideal", disse Simon à Reuters em entrevista recente. Mas "estou no jogo agora".

Críticos dizem que valeu a pena esperar pelo álbum, que leva seu nome e foi lançado em 13 de outubro.

A American Songwriter escreveu: "A estreia de Harper Simon provoca", e o chamou de "uma verdadeira estrela em formação". Já a Rolling Stone disse que "Shooting Star", primeiro single do álbum, é "deslumbrante".

Simon admite que ficou surpreso com o tempo que demorou.

"Eu não achava que fosse demorar tanto quando tinha 21 anos. Eu achava que tudo aconteceria do jeito certo, mas não foi assim", disse Simon. "Eu acredito que diferentes tipos de artistas encontram suas vozes em diferentes momentos, e quando é a sua hora, é a sua hora", completou.

Simon foi acompanhado por um grupo de músicos de Nashville, que tocou com todo mundo desde Bob Dylan a Elvis Presley, passando por Patsy Cline e Aretha Franklin.

Outros músicos convidados incluem o amigo de infância Sean Lennon, o baterista Steve Gadd e o pai de Simon.

 
<p>O cantor e compositor Harper Simon, filho de Paul Simon, no Central Park em Nova York. REUTERS/Mike Segar</p>