Miley Cyrus é eleita celebridade que foi pior influência em 2009

quarta-feira, 28 de outubro de 2009 12:18 BRST
 

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - Miley Cyrus, uma das estrelas mais promissoras da Disney nos últimos três anos, com discos e filmes de sucesso, foi eleita a celebridade que foi a pior influência em 2009 -- e pelas próprias pessoas que a levaram ao estrelato, os adolescentes e pré-adolescentes, revelou uma pesquisa online na quarta-feira.

Cyrus, de 16 anos, ficou com 42 por cento dos votos dados no site JSYK.com (as iniciais são de "Just So You Know," ou "só para você saber"), da AOL, voltado ao público de 9 a 15 anos. Com isso, empurrou Britney Spears e o rapper Kanye West para o segundo e terceiro lugares de uma seção sobre as celebridades que exerceram a pior influência do ano.

O ranking acontece após um ano em que Miley Cyrus provocou polêmica ao ser vista namorando um modelo de 20 anos, fazendo "olhos de japonesa" numa foto informal que foi interpretada como zombaria dos asiáticos e ser acusada de fazer a dança do poste num programa de premiações teen.

Cyrus ficou em 4o lugar na categoria de artista mulher favorita, depois da cantora country sensação Taylor Swift, de 19 anos, de Katy Perry, cantora de "I Kissed a Girl," e da cantora Beyonce. Quase 50 mil votos foram dados na pesquisa.

Stephanie Cohen, editora do JSYK.com, comentou: "Acho que Miley está tentando deixar de ser 'Hannah Montana' e estrela do canal Disney e ter uma carreira que vá além da Disney."

"Acho que seus fãs ainda querem ela boazinha como Hannah Montana, e ela está tentando amadurecer. Os pais estão resistindo a isso, com certeza", disse Cohen à Reuters.

Miley Cyrus tem sido um dos maiores ídolos do público teen mundial desde 2006, vendendo mais de 7 milhões de álbuns, lançando sua grife de moda própria e arrecadando 154 milhões de dólares nas bilheterias mundiais de "Hannah Montana: O Filme" em 2009.

Kanye West, cuja interrupção do discurso de aceitação de Taylor Swift numa cerimônia de entrega de prêmios, em setembro, foi considerado o momento mais chocante de 2009, ficou com 19 por cento dos votos na seção de celebridade que exerceu a pior influência.   Continuação...