Fotos dos Beatles em "Help!" vão a leilão

sexta-feira, 6 de novembro de 2009 17:05 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Sete fotos em preto-e-branco dos Beatles sentados em um campo gramado, tiradas por uma adolescente no último dia de filmagem do filme "Help!", serão vendidas em um leilão na próxima semana, informou uma casa de leilões nesta sexta-feira.

Gwyn Blanchard, então estudante de 13 anos, passou meia hora sob a chuva com um grupo de amigos no set de filmagem do segundo filme dos Beatles, esperando por um autógrafo, mas acabou sendo convidada para conversar com seus ídolos.

"Sabíamos que a filmagem ia acontecer naquele dia. Sendo crianças, nós fizemos um plano", disse Blanchard, que morava perto da locação.

Em "Help!", lançado em 1965, os Beatles tentam escapar das garras de uma cultura misteriosa. A trilha sonora inclui alguns dos maiores sucessos da banda, como "Ticket to Ride".

Enquanto os adolescentes estavam caminhando para o set, os Beatles passaram de carro e foram para o trailer da gravação. Blanchard e seus amigos decidiram esperar do lado de fora e ela disse que, por um momento, duvidou que fosse conseguir os autógrafos.

"Estávamos com os cadernos da escola abertos, esperando eles saírem, quando a porta abriu e o gerente disse: 'venham vê-los'."

"John Lennon estava sentado na minha frente", disse Blanchard à Reuters em entrevista por telefone. "Dei meu caderno a ele primeiro. Depois ele passou para o Ringo, e aí a caneta não funcionou", contou.

"John era o mais falante. Eles estavam brincando e sorrindo."

Vários dias depois ela voltou ao set, quando os Beatles estavam filmando a cena na qual eles brincam ao lado de alguns tanques. Blanchard tirou algumas fotos, com os integrantes da banda descansando entre as gravações.   Continuação...

 
<p>Sete fotos em preto-e-branco dos Beatles sentados em um campo gramado, tiradas por uma adolescente no &uacute;ltimo dia de filmagem do filme "Help!", ser&atilde;o vendidas em um leil&atilde;o na pr&oacute;xima semana, informou uma casa de leil&otilde;es nesta sexta-feira.REUTERS/STR New</p>