Rihanna descreve a noite em que Chris Brown a espancou

sexta-feira, 6 de novembro de 2009 17:42 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - A cantora Rihanna quebrou seu silêncio nesta sexta-feira sobre a noite em que seu ex-namorado Chris Brown a atacou. Ela disse que ele bateu nela, sufocou-a e deixou-a inchada e sangrando.

"Não era a mesma pessoa que diz 'eu te amo'. Não eram aqueles... olhos", disse Rihanna, de 21 anos, em uma entrevista a Diane Sawyer, no programa "Bom Dia América" da rede de televisão ABC.

"Ele não tinha nenhuma... alma em seus olhos. Apenas o vazio. Ele estava claramente sem os sentidos. Não havia nenhuma pessoa quando eu olhava para ele", afirmou a cantora.

Brown, de 20 anos, cantor de sucessos como "Kiss, Kiss", foi condenado a cinco anos em liberdade condicional e 180 horas de serviços comunitários pelo ataque de fevereiro, na véspera da entrega dos prêmios Grammy.

Ele pediu desculpas publicamente e, embora o casal tenha reatado por um breve período, Rihanna disse que agora não tem "nenhum desejo absolutamente de estar com ele."

Rihanna afirmou que os ataques começaram depois de uma briga sobre uma mensagem de texto que Brown recebeu quando eles estavam dirigindo de volta para casa após uma festa.

"Eu não podia aceitar que ele continuasse mentindo para mim. E ele não podia aceitar que eu não deixasse prá lá. E foi feio", disse ela a Sawyer.

Ela confirmou informações da polícia de que Brown a mordeu e a sufocou até ela ter problemas para respirar, e deu vários socos no olho.

"Eu me defendi com meus pés. Mas não era como lutar um com o outro. Eu realmente só queria que ele parasse", disse ela.   Continuação...

 
<p>A cantora Rihanna quebrou seu sil&ecirc;ncio nesta sexta-feira sobre a noite em que seu ex-namorado Chris Brown a atacou. Ela disse que ele bateu nela, sufocou-a e deixou-a inchada e sangrando (foto de arquivo(. REUTERS/TMZ.com/Handout</p>