Pai de Michael Jackson quer receber pensão de espólio do filho

sábado, 7 de novembro de 2009 16:13 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - Joe Jackson, pai do rei do pop Michael Jackson, encaminhou na sexta-feira uma petição para receber uma pensão do espólio do filho, afirmando que o artista o sustentou por muitos anos.

A petição encaminhada à Corte Superior de Los Angeles, afirma que o espólio de Michael Jackson recebeu 100 milhões de dólares desde a repentina morte do cantor em 25 de junho e que os administradores dos recursos estimam mais 100 milhões de dólares até o final do ano.

O documento, afirma que Joe Jackson, que sofre de diabetes, era sustentado por Michael Jackson antes de sua morte por meio de pagamentos feitos à mãe do cantor e esposa de Joe, Katherine Jackson, que então repassava os recursos para Joe.

O pai do astro disse que suas despesas passam de 20 mil dólares por mês, mas sua renda com o sistema de seguridade social dos Estados Unidos é de 1.700 dólares.

"A circunstância do senhor Jackson requer um auxílio familiar porque ele tem 81 anos e Michael Jackson o sustentou da mesma maneira que o fez com Katherine Jackson, mãe de Michael para qual a corte lhe garantiu subsídio em 2 de outubro", informou a petição.

Michael Jackson morreu após ter uma overdose de remédios em 25 de junho, aos 50 anos de idade, em Los Angeles, semanas antes de começar uma série de apresentações em Londres.

Desde então, um filme sobre o cantor já faturou 144 milhões de dólares na bilheteria global. As vendas de seus álbuns antigos saltaram e na semana passada a trilha para o longa "This Is It" chegou às paradas dos EUA com 373 mil cópias vendidas.

Em seu testamento, Michael Jackson deixou sua propriedade para uma família encarregada de protegê-la para seus três filhos, sua mãe e instituições carentes.

Quando o tribunal aprovou o auxílio a Katherine Jackson, o pai ficou excluído "sem causa justa ou razão aparente", de acordo com petição encaminhada na sexta-feira.

Uma declaração que acompanha o documento atesta que no início dos anos 2000, Michael Jackson pagou a Katherine Jackson cerca de 50 mil dólares por mês e que o valor aumentou para 66 mil dólares por mês no final desta década.

A declaração alega que Michael Jackson sabia que parte do dinheiro era repassado para Joe Jackson e esses pagamentos teriam sido suspensos.

 
<p>Joe Jackson sorrindo ap&oacute;s coletiva do lado de fora da casa da fam&iacute;lia Jackson, em Encino, junho de 2009. Pai de Michael Jackson quer receber pens&atilde;o de esp&oacute;lio do filho. REUTERS/Lucy Nicholson</p>