Francesas de verdade também engordam, diz estudo

terça-feira, 10 de novembro de 2009 15:07 BRST
 

PARIS (Reuters Life!) - Os vigilantes do peso do mundo todo podem suspirar de alívio. Ao contrário da imagem de modelos esbeltas, as francesas, ao que parece, realmente engordam.

Segundo um estudo publicado nesta terça-feira, 15,1 por cento das mulheres na França são classificadas como clinicamente obesas, enquanto 26 por cento estão com sobrepeso.

A pesquisa, conduzida pela TNS Sofres Healthcare e pela empresa farmacêutica suíça Roche, também destacou tendências similares entre a população masculina, com 13,9 por cento dos franceses obesos e 38,5 por cento com sobrepeso.

Há muito tempo o mundo vinha se maravilhando com a capacidade da população francesa, principalmente as mulheres, de continuar magra em um país famoso por seus doces, queijos e vinhos.

A escritora francesa Mireille Guilano chegou a publicar um guia de dieta em 2004 chamado "Mulheres francesas não engordam", elogiando os hábitos alimentares das mulheres, que preferem saborear sua comida calmamente e nunca beliscam entre as refeições.

Mas a realidade é que nos últimos 12 anos os franceses ganharam 3,1 quilos em média e adicionaram 4,7 centímetros ao redor de sua cintura, mostrou a pesquisa.

A doutora Marie-Aline Charles, que ajudou a conduzir a pesquisa, disse que o estilo de vida urbano era o maior culpado.

"Índices de obesidade realmente aumentaram nas áreas urbanas onde há uma concentração de empregos sedentários, transporte público, menos necessidade para caminhar e muito mais comida à disposição", disse à Reuters em uma entrevista por telefone.

No entanto, outros países, principalmente os Estados Unidos, estavam muito pior, ela disse.   Continuação...