Tyler nega saída do Aerosmith, mas futuro da banda é incerto

quinta-feira, 12 de novembro de 2009 11:35 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O vocalista do Aerosmith, Steven Tyler, juntou-se ao seu companheiro de banda Joe Perry em palco em Nova York para esclarecer o seu futuro na famosa banda de rock.

"Nova York, quero que vocês saibam que não estou deixando o Aerosmith", disse Tyler a fãs e uma aparição surpresa na noite de terça-feira durante um show do trabalho solo de Perry, segundo o site NME.com.

Tyler, 61, e Perry, seu parceiro de composição por 40 anos, começaram então a cantar uma versão de "Walk This Way", um dos maiores sucesso do Aerosmith.

O futuro da banda tem sido colocado em cheque desde que a turnê norte-americana foi reduzida em agosto quando Tyler caiu do palco, e as relações entre Perry e Tyler pioraram nesta semana com mensagens amargas via Twitter e rumores sobre se Tyler ainda está ou não na banda.

Perry, que disse essa semana que a banda está "positivamente" procurando um novo vocalista, indicou na quarta-feira que nem tudo está bem na banda. Em entrevista à Rolling Stone, ele se referiu a Tyler como um "conhecido".

"Ele quer tirar uma pausa de dois anos da banda", disse Perry à revista. "O resto da banda quer continuar trabalhando. Temos muitas opções diferentes. Qualquer coisa é possível neste ponto. Basicamente, todos contatos que tivemos nos últimos dois meses foi através de empresários, assim isso fica bem estranho".

Tyler, por outro lado, disse ao site TMZ.com depois da aparição de terça-feira que "não há absolutamente nenhuma verdade no boato de que o Aerosmith está se separando".

Perry disse a Rolling Stone ter ficado tão surpreso quanto os fãs com a aparição de Tyler no show.

"Por ser um conhecido de 40 anos, eu disse, 'Por que não?'", disse Perry. "Então ele apareceu e cantou e essa foi a última vez que o vi."

(Reportagem de Dean Goodman)