Alemão é acusado de tentar extorquir Cindy Crawford

sexta-feira, 13 de novembro de 2009 19:53 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - Um alemão foi acusado de tentar extorquir 100 mil dólares da modelo Cindy Crawford por uma foto que mostra a filha do casal amordaçada e presa em uma cadeira, disseram autoridades.

Edis Kayalar foi acusado em um tribunal de Los Angeles na quinta-feira, mas foi deportado para a Alemanha sem ser preso.

A foto aparentemente foi feita pela então babá da filha do casal, de 7 anos, durante uma brincadeira de "polícia e ladrão", e chegou às mãos de Kayalar, que era amigo da babá, de acordo com documentos judiciais.

No ano passado Kayalar entrou em contato com Crawford e com o marido dela, Rande Gerber, e tentou extorquir o casal, dizendo que os tabloides pagariam muito dinheiro pela foto.

O casal avisou as autoridades, levando à polícia de Los Angeles a abrir uma investigação criminal.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)