Palin diz que candidatura à Casa Branca "não está no seu radar"

segunda-feira, 16 de novembro de 2009 18:39 BRST
 

Por Andrew Stern

CHICAGO (Reuters) - A ex-candidata republicana a vice-presidente dos Estados Unidos Sarah Palin disse que um voo próprio na direção da Casa Branca "não está na tela do radar neste momento", embora não tenha descartado totalmente tal possibilidade.

Em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey, parte da estratégia de lançamento da sua autobiografia "Going Rogue: An American Life", Palin deixou claro que deseja se dedicar à eleição parlamentar de 2010, na qual os republicanos esperam tirar a maioria democrata no Congresso.

"Estou me concentrando em 2010", disse Palin na entrevista, gravada na semana passada e divulgada nesta segunda-feira. "Não sei o que estarei fazendo em 2012. (Disputar a presidência) não está na minha tela de radar neste momento", acrescentou.

A ex-governadora do Alasca, candidata derrotada na chapa de John McCain à Presidência em 2008, continua popular entre os conservadores. Ela tem percorrido os meios de comunicação - como se estivesse em campanha - para divulgar seu livro, que será lançado na terça-feira.

Analistas acompanham seus passos buscando sinais de que ela poderia disputar a candidatura republicana para a Presidência em 2012. Para lançar o livro, escrito em parceria com um colaborador, Palin deve percorrer 12 Estados, dando prioridade a cidades pequenas. A tiragem inicial de 1,5 milhão de exemplares prenuncia um best-seller.

Para disputar a Casa Branca, Palin teria de superar algumas adversidades. Uma pesquisa Washington Post/ABC mostrou que 60 por cento dos entrevistados não a consideram qualificada para a Presidência, e que 52 por cento têm uma visão negativa dela. Entre os republicanos, porém, sua aprovação chega a 76 por cento.

A entrevista para a Oprah, que no ano passado apoiou ostensivamente a candidatura de Obama, foi intercalada com vídeos domésticos que mostram Palin brincando com seu neto Tripp, fazendo ginástica de short e "fugindo" da filha durante uma brincadeira de Halloween na cidade da família, Wasilla, no Alasca.

Palin, que se apresentou na campanha de 2008 como uma "mãe do hóquei" - ou seja, uma mãe de família comum -, também voltou sua língua ferina contra a apresentadora da CBS Katie Couric.

Couric no ano passado fez entrevistas duras com Palin, que teriam firmado a imagem da ex-governadora como uma mulher provinciana e despreparada.

 
<p>Sarah Palin, em foto de arquivo, disse que candidatura &agrave; Casa Branca "n&atilde;o est&aacute; no seu radar". REUTERS/Nathaniel Wilder</p>