Alemão se entrega depois de tentar extorquir Cindy Crawford

terça-feira, 17 de novembro de 2009 18:23 BRST
 

BERLIM (Reuters) - Um alemão procurado por tentar extorquir a ex-topmodel Cindy Crawford em 100 mil dólares usando uma foto da filha dela se entregou às autoridades, disse o jornal Bild nesta terça-feira.

Edis Kayalar, de 26 anos, se entregou à polícia na cidade de Nuertingen, no sudoeste da Alemanha, na noite de segunda-feira. A polícia vasculhou seu apartamento na cidade vizinha de Wendlingen.

Kayalar acabara de voltar de uma viagem à Turquia, disse o Bild.

Ele foi acusado em um tribunal federal em Los Angeles na semana passada de tentar extorquir dinheiro de Cindy e do marido dela, Rande Gerber, sobre uma foto da filha deles amarrada a uma cadeira.

Aparentemente, a foto foi tirada pela babá da menina de sete anos durante uma brincadeira de "polícia e ladrão" e foi parar nas mãos de Kayalar, que era amigo da babá, segundo documentos do tribunal.

Kayalar contatou Cindy Crawford, de 43 anos, no ano passado e tentou usar a foto para obter dinheiro do casal, dizendo que os tabloides iriam pagar bem pela imagem.

A modelo e o marido então entraram em contato com as autoridades em Los Angeles.

Kayalar foi preso em setembro e deportado para a Alemanha por estar ilegalmente nos EUA. Mas no início deste mês ele voltou a ligar para Cindy, exigindo 100 mil dólares, e por isso foi acusado de extorsão.

Kayalar pode pegar até dois anos de prisão se voltar aos EUA e for condenado.

 
<p>A modelo Cindy Crawford chega para premiere do filme "Fantastic Mr. Fox", em Londres. Um alem&atilde;o procurado por tentar extorquir a ex-topmodel Cindy Crawford em 100 mil d&oacute;lares usando uma foto da filha dela se entregou &agrave;s autoridades, disse o jornal Bild nesta ter&ccedil;a-feira.14/10/2009.REUTERS/Andrew Winning</p>