Oprah diz que fim do seu programa parece a coisa certa

sexta-feira, 20 de novembro de 2009 17:05 BRST
 

Por Andrew Stern

CHICAGO (Reuters) - Oprah Winfrey disse que vai encerrar seu popular programa de TV em 2011 porque "sente em seus ossos que isso é a coisa certa a fazer" depois de 25 anos e pediu a seu público que não acredite em rumores sobre as razões de sua partida.

"Este programa tem sido minha vida, e eu o amo o suficiente para saber quando é a hora certa de dizer adeus. Sinto em meus ossos que 25 anos é um bom número, sinto isso em meu espírito. É o número perfeito, é o momento exatamente certo", disse Winfrey durante o programa de sexta-feira, em seu estúdio em Chicago.

Durante sua longa carreira na liderança dos talk shows da televisão, as flutuações no peso da apresentadora e em seus relacionamentos pessoais viraram tópicos dos tablóides, e vários comentaristas já se perguntaram se ela não estaria se cansando do trabalho incessante --apenas para vê-la emagrecer e reativar a popularidade de seu programa.

"Nos próximos dias é possível que vocês ouçam muitas especulações na imprensa sobre as razões de eu estar tomando essa decisão agora. Serão na maior parte apenas conjeturas", disse ela.

Winfrey soluçou uma vez e enxugou uma lágrima durante o anúncio de 3,5 minutos que fez, ao fim do programa, que é gravado ao vivo. Sua plateia, formada principalmente por mulheres, a ovacionou em pé e a abraçou quando ela se misturou à multidão.

Ela não divulgou quais serão seus planos para depois de seu programa chegar ao fim, em setembro de 2011, mas observadores da televisão dizem que ela pode transferir-se para a rede de TV a cabo OWN, ou Oprah Winfrey Network, joint venture com sede em Los Angeles que ela formou com a Discovery Communications. A OWN chegará a mais de 70 milhões de residências.

Transmitido desde Chicago em estações da ABC em todos os Estados Unidos e mais de 140 outros países, "The Oprah Winfrey Show" é um dos programas mais rentáveis da televisão. É o talk show diurno de maior audiência nos Estados Unidos, tendo tido a média de 7,1 milhões de espectadores este ano.

O programa ajudou Oprah, que nasceu em 1954 de mãe solteira na zona rural do Mississippi, a acumular uma fortuna estimada pela revista Forbes em 2,3 bilhões de dólares, além de estar na base de um império do entretenimento que produz talk shows de televisão, filmes e a revista de estilo O, the Oprah Magazine.

Oprah Winfrey tem 55 anos e recebeu uma indicação ao Oscar pelo papel coadjuvante que representou no filme de 1985 "A Cor Púrpura". Ela é considerada uma das grandes formadoras de opinião nos Estados Unidos. O apoio público que deu no ano passado ao candidato presidencial Barack Obama foi visto como grande força a ter ajudado a campanha do candidato democrata.