Leilão de Yves Saint Laurent obtém o triplo do previsto

sexta-feira, 20 de novembro de 2009 20:20 BRST
 

PARIS (Reuters) - Um segundo leilão e móveis e obras de arte que pertenceram ao estilista Yves Saint Laurent arrecadou 8,9 milhões de euros (13,22 milhões de dólares), o que significa o triplo do esperado, disse a casa Christie's na sexta-feira.

Em fevereiro, uma primeira venda de objetos que pertenceram a Saint Laurent e seu companheiro Pierre Bergé havia arrecadado mais de 370 milhões de euros, num dos maiores leilões que Paris já viu.

A Christie's estimava que a segunda venda, entre terça e sexta-feira desta semana, arrecadaria entre 3 e 4 milhões de euros, a serem destinados à luta contra a Aids. A casa disse que 98 por cento das quase 1.200 peças foram vendidas. O material decorava várias propriedades do casal, inclusive o Chateau Gabriel, uma mansão rural do século 19 na Normandia.

Entre os objetos mais disputados estiveram um par de poltronas do princípio do século 19, inicialmente estimadas em 6.000 a 8.000 euros, mas vendidas por 241 mil euros.

Outro sucesso inesperado foi um porta-guarda-chuvas que ficava na entrada do apartamento de Saint Laurent e Bergé em Paris. Avaliado em entre 300 a 500 euros, saiu por 109 mil.

Bergé e Saint Laurent acumularam ao longo de cinco décadas uma das maiores e mais importantes coleções particulares de arte do mundo. Bergé decidiu vender o acervo depois da morte do companheiro, no ano passado.

(Reportagem de Elizabeth Pineau)