Macau prepara memorial para luva de Michael Jackson

segunda-feira, 23 de novembro de 2009 09:01 BRST
 

HONG KONG (Reuters Life!) - Um cassino da cidade chinesa de Macau vai inaugurar o primeiro memorial asiático dedicado a Michael Jackson, depois de seus proprietários arrematarem por 350 mil dólares a famosa luva branca do falecido Rei do Pop.

O templo ficará no saguão do hotel-cassino Ponte 16, tornando-se mais uma atração da ex-colônia portuguesa, onde funciona o maior cassino do mundo, o The Venetian.

"A música ímpar de Michael Jackson, seu estilo vocal e sua coreografia inspiraram numerosos artistas do pop, rock, R&B e hip hop", disse Hoffman Ma, do Success Universe Group, sócio do empresário de jogos local Stanley Ho no Ponte 16.

"Pretendemos criar um local para relembrar este grande artista do século 20", disse ele em nota.

A empresa de Ma comprou a luva no sábado, num leilão de objetos de Jackson em Nova York. O valor de 350 mil dólares equivale a quase oito vezes o valor estimado antes da venda.

O Ponte 16 arrematou outros nove itens que pertenceram a Jackson e que também ficarão na "Galeria MJ". Eles incluem um desenho autografado de Charles Chaplin, um par de meias brilhantes, a camiseta de "zumbi" que ele vestiu no clipe de "Thriller" e um disco de platina recebido por "Bad".

"Esses itens preciosos podem revitalizar a legendária carreira de MJ para todos os seus fãs, dando a eles mais um lugar para abrigar objetos da memória de MJ além da fazenda Neverland, na Califórnia", disse a nota, sem citar data para a inauguração do memorial.

A luva branca, considerada pela casa de leiloes Julien's Auctions como "O Santo Graal de Michael Jackson", foi usada na primeira vez em que ele fez o passo de dança "moonwalk", num especial de TV da Motown, em 1983.

Feita de couro branco e adornada por imitações de diamantes cosidos à mão, a luva, que serve para a mão esquerda, se tornou um ícone vestido por fãs de Jackson no mundo todo.

(Reportagem de James Pomfret)