Roman Polansky é libertado sob fiança, diz agência

quarta-feira, 25 de novembro de 2009 14:53 BRST
 

ZURIQUE (Reuters) - Um tribunal suíço concedeu a liberdade sob fiança de 4,49 milhões de dólares ao cineasta Roman Polansky, disse a agência de notícias suíça SDA nesta quarta-feira.

Um porta-voz do Ministério da Justiça da Suíça disse que a soltura de Polansky não teria efeito imediato e que o ministério ainda tinha que decidir se apelaria da decisão da sentença.

O diretor de cinema de 76 anos, que já foi premiado com o Oscar, tem cidadania francesa e polonesa e foi preso a pedido dos Estados Unidos quando ele entrou na Suíça em 26 de setembro para receber um prêmio em homenagem à sua carreira em um festival de cinema.

Polanski se declarou culpado de ter feito sexo com uma menina de 13 anos em 1977, mas fugiu dos EUA na véspera de sua sentença, em 1978, porque achava que um juiz poderia condená-lo a 50 anos de prisão.

 
<p>Foto de arquivo do diretor Roman Polanski. Um tribunal su&iacute;&ccedil;o concedeu a liberdade sob fian&ccedil;a de 4,49 milh&otilde;es de d&oacute;lares ao cineasta, segundo a ag&ecirc;ncia de not&iacute;cias su&iacute;&ccedil;a SDA. REUTERS/Jean-Paul Pelissier/File</p>