Diamante "rosa vívido" é vendido por recorde de US$10,8 milhões

terça-feira, 1 de dezembro de 2009 13:54 BRST
 

Por James Pomfret

HONG KONG (Reuters Life!) - Um raro diamante cor-de-rosa de cinco quilates foi leiloado pelo valor recorde de 10,8 milhões de dólares em Hong Kong na terça-feira, devolvendo algum brilho ao mercado mundial de pedras preciosas raras e grandes, fortemente atingido pela crise financeira.

De tonalidade "rosa vívido" e considerado quase -- mas não totalmente -- perfeito, o diamante foi alvo de uma forte disputa de lances no leilão de outono de arte asiática e chinesa promovido pela casa Christie's em Hong Kong.

O preço superou de longe o recorde anterior, marcado 15 anos atrás em Genebra por uma pedra de 19,66 quilates vendida por 7,4 milhões de dólares. O preço por quilate do diamante cor-de-rosa, 2,2 milhões de dólares, foi o mais alto já pago por qualquer diamante em leilão no mundo, disse a Christie's.

"Nunca antes uma pedra foi vendida por 2 milhões de dólares o quilate. Estávamos acostumados com 1 milhão de dólares por quilate de diamantes coloridos, mas nunca 2 milhões", disse François Curiel, presidente da Christie's na Europa. "Este é um recorde absoluto. Acredito que levará muito tempo para ser superado."

Encrustado em um anel pela célebre joalheria Graff Diamonds, o diamante tem apenas um quarto do tamanho do diamante vendido em Genebra há 15 anos e não é tão perfeito quanto aquele, mas sua tonalidade rosa vívida é considerada quase perfeita. Curiel o descreveu como "um fabuloso diamante cor-de-rosa, provavelmente uma das pedras mais raras que já vi na vida."

Garimpado na África do Sul, o diamante tem algumas imperfeições pequenas, mas a Christie's disse que estas podem ser removidas com polimento leve.

A Christie's tem um histórico de oferecer à venda pedras polidas raras na Ásia, devido a sua confiança na abertura do mercado asiático às melhores pedras preciosas e obras de arte do mundo.

Em maio passado, antes de a crise financeira ter começado a prejudicar o mercado global de leilões, a Christie's vendeu em Hong Kong, por 6,2 milhões de dólares, um diamante de 101,27 quilates, do tamanho de uma bola se squash.   Continuação...

 
<p>Um raro diamante cor-de-rosa de cinco quilates foi leiloado pelo valor recorde de 10,8 milh&otilde;es de d&oacute;lares em Hong Kong na ter&ccedil;a-feira (1o), devolvendo algum brilho ao mercado mundial de pedras preciosas raras e grandes, fortemente atingido pela crise financeira. REUTERS/Christie/Divulga&ccedil;&atilde;o</p>