December 1, 2009 / 3:58 PM / 8 years ago

Diamante "rosa vívido" é vendido por recorde de US$10,8 milhões

4 Min, DE LEITURA

<p>Um raro diamante cor-de-rosa de cinco quilates foi leiloado pelo valor recorde de 10,8 milh&otilde;es de d&oacute;lares em Hong Kong na ter&ccedil;a-feira (1o), devolvendo algum brilho ao mercado mundial de pedras preciosas raras e grandes, fortemente atingido pela crise financeira.Christie/Divulga&ccedil;&atilde;o</p>

Por James Pomfret

HONG KONG (Reuters Life!) - Um raro diamante cor-de-rosa de cinco quilates foi leiloado pelo valor recorde de 10,8 milhões de dólares em Hong Kong na terça-feira, devolvendo algum brilho ao mercado mundial de pedras preciosas raras e grandes, fortemente atingido pela crise financeira.

De tonalidade "rosa vívido" e considerado quase -- mas não totalmente -- perfeito, o diamante foi alvo de uma forte disputa de lances no leilão de outono de arte asiática e chinesa promovido pela casa Christie's em Hong Kong.

O preço superou de longe o recorde anterior, marcado 15 anos atrás em Genebra por uma pedra de 19,66 quilates vendida por 7,4 milhões de dólares. O preço por quilate do diamante cor-de-rosa, 2,2 milhões de dólares, foi o mais alto já pago por qualquer diamante em leilão no mundo, disse a Christie's.

"Nunca antes uma pedra foi vendida por 2 milhões de dólares o quilate. Estávamos acostumados com 1 milhão de dólares por quilate de diamantes coloridos, mas nunca 2 milhões", disse François Curiel, presidente da Christie's na Europa. "Este é um recorde absoluto. Acredito que levará muito tempo para ser superado."

Encrustado em um anel pela célebre joalheria Graff Diamonds, o diamante tem apenas um quarto do tamanho do diamante vendido em Genebra há 15 anos e não é tão perfeito quanto aquele, mas sua tonalidade rosa vívida é considerada quase perfeita. Curiel o descreveu como "um fabuloso diamante cor-de-rosa, provavelmente uma das pedras mais raras que já vi na vida."

Garimpado na África do Sul, o diamante tem algumas imperfeições pequenas, mas a Christie's disse que estas podem ser removidas com polimento leve.

A Christie's tem um histórico de oferecer à venda pedras polidas raras na Ásia, devido a sua confiança na abertura do mercado asiático às melhores pedras preciosas e obras de arte do mundo.

Em maio passado, antes de a crise financeira ter começado a prejudicar o mercado global de leilões, a Christie's vendeu em Hong Kong, por 6,2 milhões de dólares, um diamante de 101,27 quilates, do tamanho de uma bola se squash.

Apesar disso, algumas pedras importantes tiveram resultados decepcionantes na Ásia, incluindo um diamante branco sem máculas de 72,22 quilates que não conseguiu atingir o preço mínimo num leilão da Sotheby's em abril passado em Hong Kong, não chegando a seu preço estimado de entre 10 e 12 milhões de dólares.

A joia mais cara do mundo já vendida em leilão é o diamante azul "Wittelsbach," uma pedra cinza-azulada do século 19 vendida no ano passado por 24 milhões de dólares, mas os melhores diamantes vermelhos e cor-de-rosa também são conhecidos por atingir valores estratosféricos.

Reportagem adicional de Stefanie McIntyre

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below