Guitarrista dos Rolling Stones é preso por agredir a namorada

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009 14:07 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Ronnie Wood, guitarrista dos Rolling Stones, foi preso pela polícia britânica na noite de quarta-feira por suspeita de agressão e solto na quinta-feira sob fiança, depois de ser interrogado.

Questionado sobre a prisão de Wood, um porta-voz da polícia de Surrey disse: "Podemos confirmar que um homem de 62 anos de Esher foi detido na noite de ontem por suspeita de agressão em conexão com um incidente doméstico".

E acrescentou: "Ele foi solto sob fiança esta tarde até uma data em janeiro, enquanto isso serão feitas outras investigações".

A polícia britânica normalmente se nega a identificar suspeitos. A prisão foi feita em Claygate, Surrey.

A esposa do roqueiro de 62 anos, Jo, divorciou-se oficialmente dele no mês passado, alegando adultério de Wood.

Ex-modelo, Jo recebeu da Divisão de Família da Alta Corte de Londres um decreto temporário assinalando o fim do casamento deles, que durou 24 anos. O casal tem dois filhos.

Documentos de divórcio levados a público não citaram o nome da pessoa com quem o guitarrista cometeu adultério. Wood e sua mulher se separaram em 2008 após o relacionamento dele com a russa Ekaterina Ivanova, amplamente divulgado.

(Reportagem de Mike Collett-White)