Bilionários de Pequim querem saber se dinheiro compra amor

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009 12:44 BRST
 

PEQUIM, 23 de dezembro (Reuters Life!) - Sozinho nesse Natal? Deixe um pensamento para os bilionários de Pequim.

O boom econômico do país nas últimas três décadas pode ter gerado uma onda de chineses muito ricos, mas não garantiu que todos tivessem amor.

No domingo, um grupo privilegiado de 21 bilionários solteiros e 22 mulheres solteiras compareceram ao que a mídia estatal chamou de uma das festas mais caras na história da capital chinesa -- um baile matrimonial com ingressos individuais de 100 mil yuan (14.650 dólares).

Os 21 bilionários eram todos membros registrados do Golden Bachelors (Solteirões Dourados), uma agência matrimonial dedicada a ajudar chineses e chinesas ricos a encontrarem uma potencial cara-metade. A agência foi a grande organizadora do evento.

"É muito difícil para bilionários conhecerem mulheres com quem gostariam de casar, pois foram muito focados em carreira nas fases anteriores de suas vidas", explicou à Reuters a diretora de mídia do Golden Bachelor, Xiao Pu.

"Eles usam nossa agência para selecionar parceiros compatíveis de acordo com aparência física, personalidade, nível de educação, renda e histórico familiar", explicou.

Algumas das 22 mulheres que esperam encontrar o bilionário de seus sonhos também estavam registradas na agência, enquanto outras poucas sortudas foram convocadas por olheiros, os "caçadores de amor" da agência, para comparecerem gratuitamente, ou receberam ingressos em concursos de beleza patrocinados pelo agência.

"Toda mulher tem o direito de buscar a felicidade", disse uma jovem de 22 anos com o sobrenome de Dai, estudante da Universidade de Artes de Nanjing, ao jornal China Daily.

"Eu só quero evitar os problemas que talvez eu seja forçada a enfrentar antes de me apaixonar."   Continuação...