"Homem Aranha 4" é adiado por divergências em relação a roteiro

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010 15:11 BRST
 

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - A próxima sequência de "Homem Aranha" está tendo dificuldade de sair do papel.

A Sony e o diretor Sam Raimi vêm se desentendendo quanto à direção a seguir com relação aos vilões do próximo filme. O impasse levou o estúdio a adiar o início da produção, que tinha sido previsto para a primavera norte-americana deste ano, e potencialmente adiar o lançamento do filme, que até agora estava previsto para 11 de maio de 2011.

Raimi quer que o antagonista principal do filme seja um criminoso conhecido como Vulture (Abutre). Já o estúdio não gosta da ideia do malfeitor alado e defende a inclusão de uma subtrama romântica envolvendo um ladrão chamado Black Cat (Gato Preto), além de outro vilão.

Uma sucessão de roteiristas já tentou casar as visões distintas das duas partes, mas sem sucesso.

O dramaturgo premiado com o Pulitzer David Lindsay-Abaire ("Rabbit Hole") foi contratado em outubro de 2008 para redigir uma versão chave do roteiro, partindo uma versão anterior de James Vanderbilt ("Zodíaco"). No ano passado a Sony convocou a ajuda de Gary Ross, indicado ao Oscar por seu roteiro adaptado de "Seabiscuit" (2003), que ele também dirigiu.

A versão mais recente está sendo escrita por Alvin Sargent.

A notícia do conflito entre Raimi e a Sony foi divulgada pela primeira vez em dezembro no site IESB, mas a Sony a refutou, dizendo que "não há nada de incomum" em modificar roteiros.

As visões discordantes sobre o vilão têm sua origem na criação de "Homem Aranha 3."

Fã de Homem Aranha desde a estreia do personagem, nos anos 1960, Raimi queria usar naquele filme o vilão clássico Vulture além de Sandman (Homem-Areia), outra criação clássica. O estúdio o pressionou a usar Venom, personagem introduzido no fim dos anos 1980, porque achou que, com sua origem simbiótica extraterrestre, o personagem se prestaria à criação de materiais de marketing mais eficazes e seria uma maneira de atrair o público adolescente.   Continuação...