7 de Janeiro de 2010 / às 19:56 / 8 anos atrás

"American Idol" está de volta, mas até quando?

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - O campeão de audiência da televisão norte-americana “American Idol” voltou esta semana para sua nona temporada com a participação da humorista Ellen DeGeneres, mas com um grande ponto de interrogação sobre o futuro de seu maior astro: Simon Cowell.

Apesar de uma queda de audiência nos últimos três anos, o programa de calouros deve continuar tendo a maior audiência da TV norte-americana e dar origem ao próximo grande nome promissor da indústria musical.

De acordo com observadores, os boatos -- não confirmados nem negados -- de que o irônico jurado britânico Cowell vá deixar o programa quando seu contrato chegar ao fim, em maio; a substituição de Paula Abdul por DeGeneres, e a presença de vários astros como jurados convidados deveriam reforçar o interesse pela estreia da nona temporada, em 12 de janeiro.

Mas, após os shows iniciais -- e depois de sete anos recebendo muito de anunciantes, sendo no. 1 no ranking de audiência e provocando inveja em redes de TV rivais --, “American Idol” enfrenta um ano crítico em 2010.

Desde o pico de audiência de 30,8 milhões de espectadores em 2006, o programa caiu para a média de 26 milhões de espectadores a cada episódio (dois por semana) no ano passado, e suas vendas de anúncios caíram de 903,3 milhões de dólares em 2008 para 858,6 milhões em 2009.

“É raro ver qualquer fenômeno da cultura pop continuar com esse pique e essa audiência, ano após ano. Por isso, é natural indagar quando a bolha vai estourar”, disse Michael Slezak, da Entertainment Weekly. “Mas acho que isso ainda não vai acontecer. Mesmo sofrendo perda de audiência, o programa pode continuar sendo o no. 1”.

DeGeneres entra para o “American Idol” como jurada ao lado de Simon Cowell, Randy Jackson e a novata do ano passado Kara DioGuardi.

A humorista e apresentadora de talk show foi convidada no ano passado para o lugar de Paula Abdul, que se afastou quando os produtores de “Idol” não quiseram atender a seus pedidos de um novo contrato.

Mas ela só vai aparecer no programa em fevereiro, quando algumas centenas das dezenas de milhares de candidatos que fizeram testes em todo o país forem enviados a Hollywood.

Nas primeiras rodadas de testes, o lugar de Paula Abdul foi tomado pelas popstars Victoria Beckham (Posh Spice), Katy Perry, Mary J. Blige, Avril Lavrigne, Joe Jonas e Shania Twain, entre outras.

As especulações em torno de Simon Cowell, de 50 anos, voltaram à tona em dezembro, quando seu irmão disse em um podcast que Simon deixaria “Idol” após a temporada de 2010 para levar um de seus programas de calouros britânicos, “The X Factor”, à TV dos EUA em 2011.

A Fox, o empresário de Cowell e os produtores de “American Idol” se negaram a comentar a notícia. Os sites de apostas online já especulam sobre a possível substituição de Cowell por Piers Morgan, jurado de “America’s Got Talent”, o cantor Sean “Diddy” Combs e outros.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below