Astros de Hollywood fazem campanha pelo Haiti

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010 10:07 BRST
 

MIAMI (Reuters) - O devastador terremoto do Haiti comoveu astros de Hollywood e da música pop, que conclamam seus fãs a ajudarem as vítimas e fazem doações do próprio bolso.

Os atores Angelina Jolie e Brad Pitt estiveram entre os primeiros, doando 1 milhão de dólares da sua fundação para a entidade Médicos Sem Fronteiras, que atua em Porto Príncipe.

A atriz Alyssa Milano, embaixadora da boa vontade do Unicef (órgão da ONU para a infância), usou na quinta-feira seu blog no site The Huffington Post para desafiar empresas dos EUA a imitarem sua doação. Ela disse que o dinheiro será usado na compra de suprimentos médicos, lonas, comida e kits de água para o Haiti.

"Chorei e então fiz a única coisa que eu poderia fazer (...): assinei um cheque de 50 mil dólares para o Fundos dos EUA para o Unicef", escreveu ela.

O rapper de origem haitiana Jean Wuclef lançou uma campanha por mensagem de texto, pedindo aos fãs que doem cada um 5 dólares para o seu Fundo do Terremoto Yele Haiti. A doação é descontada na conta de celular de quem mandar a palavra "Yele" para o numero 501501 (só nos EUA).

Jean já arrecadou mais de 1 milhão de dólares para as vítimas, e está no Haiti "prestando ajuda e avaliando a situação", segundo o seu site www.yele.org.

O ator George Clooney irá apresentar no dia 22 uma maratona televisiva beneficente na MTV, disse o canal na quinta-feira. Outros músicos pop e astros do cinema também devem participar.

A cantora colombiana Shakira pediu aos seus fãs que façam doações para reconstruir ao Haiti. Sugeriu que o dinheiro seja entregue ao Unicef ou à fundação de Wyclef.

Já Chris Martin, do Coldplay, sugeriu que as doações sejam feitas à ONG Oxfam, cuja embaixadora global Scarlett Johansson, atriz, também pediu contribuições para o Haiti.   Continuação...

 
<p>Brad Pitt e Angelina Jolie comparecem &agrave; estreia do filme "Bastardos Ingl&oacute;rios" no cinema de Grauman em Hollywood no dia 10 de agosto de 2009. O casal doou 1 milh&atilde;o de d&oacute;lares da sua funda&ccedil;&atilde;o para a entidade M&eacute;dicos Sem Fronteiras, para ajudar o Haiti ap&oacute;s o terremoto que atingiu o pa&iacute;s nesta ter&ccedil;a-feira. (Foto Arquivo Reuters) REUTERS/Mario Anzuoni</p>