DreamWorks retoma plano de fazer filme sobre Martin Luther King

terça-feira, 19 de janeiro de 2010 19:39 BRST
 

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - Planos para um filme sobre o líder dos direitos civis Martin Luther King Jr. foram aparentemente retomados nesta terça-feira, com o estúdio DreamWorks dizendo que contratou o roteirista Ronald Harwood.

A DreamWorks anunciou em maio passado ter adquirido os direitos sobre o Nobel da Paz assassinado, a primeira vez que um filme biográfico sobre King foi autorizado por seu espólio.

Mas o projeto, produzido por Steven Spielberg, rapidamente afundou devido a brigas entre os três filhos de King sobre quem teria a autoridade de falar em nome do espólio.

No entanto, a DreamWorks, ao anunciar Harwood como roteirista, indicou que a disputa foi resolvida, dizendo que o filme foi "autorizado pelo espólio de King para utilizar a propriedade intelectual do dr. King para criar o retrato definitivo de sua vida".

King, que foi pioneiro nos esforços de obter igualdade racial através da desobediência civil não violenta, foi assassinado em abril de 1968 aos 39 anos. Sua mulher morreu em 2006.

Harwood ganhou o Oscar em 2002 pelo roteiro de "O Pianista", adaptado do livro autobiográfico de Wladyslaw Szpilman.

Sobre como trataria a vida de King, Harwood disse em um comunicado: "não direi nada sobre minha postura sobre esse roteiro com exceção do que eu sempre digo: 'farei o possível para ser verdadeiro à verdade'".

 
<p>Imagem de Martin Luther King Jr. &eacute; vista durante marcha em Memphis, Tennessee em abril de 2008. Um filme sobre o l&iacute;der dos direitos civis, dirigido por Steven Spielberg aguarda para ser produzido pela DreamWorks. (Foto Arquivo Reuters) REUTERS/Mike Segar</p>