Michael Douglas volta à pele do ganancioso Gordon Gekko

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010 10:14 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters Life!) - O ator Michael Douglas, de 65 anos, voltará a interpretar o magnata das finanças Gordon Gekko - do bordão "a cobiça é boa" -, num momento em que Wall Street ainda sacode a poeira depois da pior crise financeira das últimas décadas.

Mais de 20 anos depois de receber o Oscar de melhor ator pelo papel de Gekko em "Wall Street - Poder e Cobiça" (1987), ele participará de uma continuação, que se chamará "Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme", novamente sob a direção de Oliver Stone. A notícia foi divulgada na terça-feira pelo estúdio 20th Century Fox, que previu o lançamento para este semestre.

"Emergindo de uma prolongada temporada na prisão, Gekko se vê no lado de fora de um mundo que outrora dominava", disse o estúdio em nota. "Tentando reparar a danificada relação com a sua filha, Gekko forma uma aliança com sua noiva Jacob (Shia LaBeouf), e Jacob começa a vê-lo como uma figura paterna. Mas Jacob aprende de uma forma dura que Gekko - ainda um mestre como manipulador e jogador - está atrás de algo muito diferente da redenção."

O elenco inclui ainda Josh Brolin, Carey Mulligan, Susan Sarandon e Frank Langella.