Visita de Charlie Sheen a esposa aumenta rumor de reconciliação

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010 19:21 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O ator Charlie Sheen foi nesta quarta-feira a um hospital de Los Angeles onde sua esposa está internada com febre alta, aumentando os rumores de que o casal quer se reconciliar depois da briga violenta no Dia de Natal.

O site de celebridades TMZ.com colocou um vídeo da estrela de "Two and a Half Men" entrando no Hospital Sherman Oaks, aparentemente para visitar sua esposa, Brooke Mueller.

A advogada de Brooke disse ao TMZ que ela foi internada com uma infecção resultante de uma cirurgia no dente, mas deveria receber alta na quarta-feira.

Sheen, de 44 anos, foi preso no Natal no resort de ski de Aspen, no Colorado, depois que Brooke disse à polícia que ele a ameaçou de morte com uma faca. Mas nenhuma acusação formal foi feita. Mais tarde, Brooke tentou derrubar a acusação.

"Ela quer se reconciliar e seguir com a vida ao lado de Charlie e dos bebês", disse a advogada de Brooke, Yale Galanter, ao New York Daily News.

Sheen e sua terceira esposa, com quem se casou em 2008 e teve dois bebês, de nove meses de idade, deveriam comparecer em um tribunal na sexta-feira, quando Sheen pediria que uma ordem de restrição fosse abandonada.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

 
<p>O ator Charlie Sheen visita sua esposa Brooke no hospital em Los Angeles. Sheen foi preso no Natal em um resort de ski de Aspen, no Colorado, por supostamente amea&ccedil;ar a esposa de morte com uma faca. (Foto Arquivo Reuters) REUTERS/Danny Moloshok</p>