Produtor RedOne quer lançar álbum inédito de Michael Jackson

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010 15:18 BRST
 

Por Mike Collett-White

LONDRES (Reuters) - O produtor musical indicado ao Grammy RedOne, que ajudou Lady Gaga a liderar as paradas em todo o mundo, acredita que a música na qual estava trabalhando com Michael Jackson antes da morte do cantor ainda pode ser lançada.

O produtor de 37 anos nasceu no Marrocos e se imbuiu de pop e rock europeu depois de passar vários anos na Suécia. Ele gravou com o "rei do pop" em Las Vegas em 2008 e 2009 e em Los Angeles em 2009, antes da morte de Jackson, aos 50 anos.

Embora os resultados estejam longe de constituírem um produto acabado, RedOne, cujo nome verdadeiro é Nadir Khayat, acredita que tem material suficiente para produzir um disco. Mas qualquer lançamento exigiria um acordo com a gravadora e os herdeiros de Michael Jackson.

"Tenho grandes planos", disse ele à Reuters em um estúdio de gravação em Londres, onde ele vem trabalhando com outros artistas. "Há material que poderia sair das sessões de gravação com Jackson".

"Se eu for lançar alguma coisa, vou lançá-lo para fins beneficentes -- algo do qual ele se orgulharia porque a gente sempre sentia que, ao longo de toda a sua vida, todo o mundo sempre quis tirar vantagem dele", disse RedOne, considerado um dos maiores produtores do mundo após sua parceria com Lady Gaga.

Recordando sua colaboração com Jackson, ele comentou: "A música que estávamos fazendo era boa, realmente boa. Muito dinâmica, enaltecedora. É uma pena que não tenhamos terminado o material".

"Michael sempre focava sua atenção em criar sucessos, não em criar canções, então ele sempre gravava muitas canções para aproveitar as melhores. Era essa a fórmula dele, que adoro. Estávamos criando música de boa qualidade".

RedOne foi indicado para quatro prêmios Grammy, os mais importantes da indústria musical. A cerimônia de entrega dos Grammy, em 31 de janeiro, vai incluir uma homenagem de vários artistas a Michael Jackson.