Astros do cinema e da música se apresentam para ajudar o Haiti

sábado, 23 de janeiro de 2010 10:41 BRST
 

Por Christine Kearney

NOVA YORK (Reuters) - Dezenas de astros do cinema e da música cantaram tristes canções e pediram nesta sexta-feira ao mundo para ajudar o Haiti, abalado por um poderoso terremoto, em um show beneficente liderado pelo ator George Clooney e o rapper haitiano Wyclef Jean.

O programa de televisão, que durou duas horas e foi chamado "Esperança para o Haiti Agora: Um Auxílio Global para Socorro do Terremoto", foi mostrado por emissoras de todo o mundo, pela Internet e por telefones celulares, e reuniu mais de 100 celebridades em Nova York, Los Angeles e Londres.

A cantora Alicia Keys abriu o show com a música "Prelude to a Kiss", que em sua letra diz "Você pode enviar um anjo?". Depois, foi a vez de Clooney realizar o seu primeiro discurso.

"O povo haitiano precisa da nossa ajuda", afirmou Clooney. "Eles precisam saber que não estão sozinhos. Eles precisam saber que nós ainda nos importamos."

Até 1,5 milhão de haitianos perderam suas casas em um terremoto que abalou a empobrecida nação caribenha há dez dias e matou até 200.000 pessoas.

O programa teve a parte musical, histórias de mortes e sobrevivência e atores recebendo doações por telefone, enquanto a produção colocava imagens chocantes e entrevistas com haitianos.

"Agora podemos ver a segunda onda desse desastre chegando", afirmou Wyclef Jean, de Nova York. "Meu país está sofrendo muito."

De Londres, o rapper norte-americano Jay-Z cantou pela primeira vez uma música com Bono Vox e The Edge, vocalista e guitarrista do U2, na qual o rapper falou sobre o terremoto antes de Bono e a cantora Rihanna concordarem cantando "Não vamos deixar vocês abandonados".   Continuação...

 
<p>O ator George Clooney chega para cerim&ocirc;nia em Nova York. Dezenas de astros do cinema e da m&uacute;sica cantaram tristes can&ccedil;&otilde;es e pediram nesta sexta-feira ao mundo para ajudar o Haiti, abalado por um poderoso terremoto, em um show beneficente liderado pelo ator George Clooney e o rapper haitiano Wyclef Jean.12/01/2010.REUTERS/Lucas Jackson</p>