Fotógrafo "nudista" quer fazer montagem na Opera House de Sydney

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 13:52 BRST
 

SYDNEY, 28 de janeiro (Reuters Life!) - O fotógrafo norte-americano Spencer Tunick está buscando milhares de australianos para se despirem na escadaria da Opera House em Sydney em nome da arte.

Tunick, famoso por capturar a imagem de centenas e às vezes milhares de pessoas nuas em cenários industriais ou urbanos, quer criar uma "montagem" em Sydney, envolvendo até 2 mil voluntários nus no dia 1o de março.

A foto, que será conhecida como The Base, coincidirá com o carnaval anual de gays e lésbicas da cidade, que atrai participantes e público do mundo inteiro.

"De certa forma, estou montando a base para a estrutura, a base para a arquitetura, e ao integrar pessoas heterosexuais, gays e lésbicas, estarei tecendo os diferentes sexos e a sociedade para formar um maravilhoso tecido que sustenta essa maravilhosa construção", disse Tunick à rádio australiana nesta quinta-feira.

Tunick já produziu quase 100 montagens ao redor do mundo, inclusive uma em Melbourne em 2001, e diz que seu trabalho não tem um sentido exibicionista ou erótico, mas representa a vulnerabilidade da vida em uma dura paisagem urbana.

Mas esse argumento não impressionou autoridades nos Estados Unidos, onde Tunick foi preso sete vezes.

Tunick disse que considerou a praia Bondi em Sydney como local para o trabalho, mas decidiu que o mais conhecido trecho de areia da cidade era muito grande.

(Reportagem de Rob Taylor)