28 de Janeiro de 2010 / às 18:23 / 8 anos atrás

Autor de "O Apanhador no Campo de Centeio" morre aos 91 anos

WASHINGTON (Reuters) - O recluso escritor norte-americano J.D. Salinger, que escreveu o clássico da literatura norte-americana "O Apanhador no Campo de Centeio", morreu em New Hampshire aos 91 anos de idade, disse seu agente na quinta-feira.

"Ele morreu ontem em sua casa em New Hampshire", disse o agente literário Phyllis Westberg.

"O Apanhador" foi publicado em 1951, e a história de alienação e rebeldia do heroi adolescente Holden Caulfield ressoou imediatamente entre leitores jovens. O livro foi traduzido para várias línguas e vendeu mais de 65 milhões de cópias.

Salinger estava recluso desde 1953, protegendo sua privacidade ferozmente na pequena cidade de Cornish, no noroeste de New Hampshire.

O escritor publicou apenas alguns livros e coletâneas de contos em sua carreira, inclusive "Nove Estórias", "Franny e Zooey", "Carpinteiros, Levantem bem Alto a Cumeeira" e "Seymour - Uma Introdução".

Seu último livro foi publicado em 1965.

Vizinhos em Cornish raramente o viam e ele nunca respondia a telefonemas ou cartas de admiradores. Assim, Salinger teria sido um desapontamento para seu personagem mais famoso.

"O que realmente me impressiona", disse Caulfield em "O Apanhador no Campo de Centeio", "é um livro que, quando você acaba de lê-lo, você deseja que o autor que o escreveu fosse um amigo incrível seu e que você pudesse ligar pra ele quando sentisse vontade".

Jerome David Salinger nasceu em Manhattan, Nova York, em 1919.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below