Michael Jackson recebe Grammy especial pela sua obra

domingo, 31 de janeiro de 2010 11:12 BRST
 

Por Dean Goodman

LOS ANGELES, 30 de janeiro (Reuters) - O cantor Michael Jackson ganhou outra homenagem póstuma no sábado, juntando-se a seis outros músicos, entre eles Leonard Cohen e Loretta Lynn, que receberam um Grammy pela obra que realizaram durante a vida.

A família do popstar, que raramente perde oportunidades como essa, não foi à cerimônia, apesar das especulações de que um dos seus filhos receberia a estatueta.

Foi Frank DiLeo, ex-agente de Jackson, quem esteve presente. Ele descreveu o cantor como "um cara engraçado, de um senso de humor como poucos."

Jackson, que morreu no ano passado aos 50 anos, ganhou durante a vida 13 Grammys.

Na cerimônia, outro homenageado, Cohen, 75 anos, lembrou que não havia conquistado um Grammy por nenhum dos seus discos.

"Estamos nos aproximamos da linha de chegada, e eu nunca poderia pesar que ganharia um Grammy," afirmou ele.

Loretta Lynn não compareceu ao evento porque o irmão estava doente.